Filipe.Life
logo.Life
Filipe Alexandre de Andrade Sá Moura

O Vulto

O Vulto

O Vulto Fugi, corri mas ele agarrou-me e puxou-me, levou-me com ele. Maldito Vulto que nem se vê mas que se propaga. Ele é o Vulto irreconhecível de uma experiência de aparição feérica. Murmurou o Vulto: Estais com medo de um homem sem face! Sim - respondi com algum medo. Não temais porque eu só existo na presença de luz. Já falei de luz e energia mas nunca de um homem cuja face desconheço e voluptuosamente aparece e corre fugindo sem se alcançar o seu físico. O Vulto é um ser da escuridão que não vive sem luz. Estranho és uma sombra que te escondes no escuro e no silêncio.

... the figure does not exist .

Outros Livros do Autor


Topo | Top